Vencendo com Musica e Arte

Vencendo com Música e Arte é um projeto da Aciubá / Convention Bureau de Ubá. O projeto traz a condição do ARTISTA retornar as suas atividades de CANTAR, ou de MOSTRAR SUA ARTE com retorno financeiro. 

Link de acesso - https://www.aciuba.com.br/vencendocommusicaearte 

A estrutura deste projeto tem:

    1) Patrocinador para o evento

    2) Espaço, já temos alguns espaços aprovados para realizar, mas pode surgir outros.

             * o espaço tem que ser público e que evite aglomerações, quem vai ouvir ou ver deve estar passando no local, sem parar e assim tendo um pouco de arte no seu dia a dia.

    3) Artista que pode ser um cantor ou que promova uma arte sênica ou de circo para apresentação em ambiente aberto

Como aderir e estar presente neste projeto?

    Faça a inscrição pelo formulário (LINK DO FORMULÁRIO)

Quais os custos de participação deste projeto?

   O patrocinador MASTER terá um custo mensal para 4 apresentações de R$ 1 000,00 (Hum mil reais)

   O patrocinador do ARTISTA terá um custo mínimo de R$ 100,00 (Cem reais) para confecção do Banner, ficando livre a negociação com o artista.

 Como será feito a divulgação e promoção deste projeto?

    - usaremos a rede social como principal ferramenta de divulgação, assim os patrocinadores estarão presentes. 

    - no dia do evento será afixado o Patronidor Master próximo do artista, criando um pano de fundo; o Patrocinador do Artista terá o espaço lateral para fixação do banner; 

O acontecimento será:

   - Sábado 

   - até as 12:30 quando a cidade ainda está cheia e funcionando

   - podendo ter mais de um artista por ponto fisico, administrando os horários de apresentação

Principais perguntas e questionamentos:

   Quem patrocina a banda e quanto fica com a banda?

        O artista ou banda precisam pagar o custo do BANNER de R$ 100,00, o restante é da banda. 

   Quem contrata o SOM?

        O som, não os instrumentos, serão contratados pelo Patrocinador MASTER.

    Pode ter outro local que os pré definidos?

        Sim, claro que pode, o projeto é para levar música e arte para os passantes. 

        Entretanto os locais pré definidos já tem aprovação prévia da Prefeitura e assim estão liberados, qualquer novo local, precisa de passar pelo processo de autorização de funcionamento. Ainda lembrando que um dos requisitos é que não permita ou facilite aglomerações